terça-feira, 10 de julho de 2012

Para o tempo

Tempo, eu te peço: não passes tão depressa. 
Preciso de tempo, tempo. Minutos a mais de sono, muito mais horas com os meus, menos correria, passos mais lentos - pra enxergar a paisagem e reparar em todas as suas cores, pra escutar os pequenos murmúrios. 
Quero menos descuido, mais atenção. Saborear segundos, imortalizar noites, ressuscitar olhares e sorrisos.
Mas tu tens pressa, eu sei. A rotação do planeta azul não pára - e parece girar mais rápido a cada dia. 
Tudo bem, eu compreendo. 
Só não me deixes atropelar planos, sufocar de ansiedade, tropeçar no que ficou a fazer por tua falta. 
Vou voar contigo, tempo. 
Leva-me pela mão, me ensina a pairar no vento, a abusar e lambuzar-me de ti com mais propriedade.
Escorras entre os dedos, sim, mas olha-me nos olhos enquanto escoas. 
Vem, vem que está na hora. Cada dia a mais é um dia a menos pro encontro acontecer.
Está na hora de viver.
Share This
© Califasia - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Beatriz Miranda.
imagem-logo